DETALHES NOTÍCIAS
Simulador deixa de ser obrigatório e se torna problema para auto escolas
12/03/2015

Após deixar de ser obrigatório com a mudança na resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o simulador eletrônico virou um problema, já que os donos de auto escolas da região que o adquiram vão ter que repassar o valor para os alunos que querem tirar a carteira de habilitação. Os candidatos a motorista também devem se preparar já que a carga horária passou de 20 para 25 aulas, também gerando aumento de pelo menos 20%, segundo a Associação das Auto escolas de Araraquara.


A nova resolução determina que as aulas com simulador não devem ultrapassar 30% da carga horária e não são mais obrigatórias. A máquina lembra um vídeo game que reproduz uma viagem na estrada.  Segundo o Contran, o aluno tem que passar por esse procedimento depois da aula teórica e antes da aula prática com o carro de verdade. O equipamento, que custa em média R$ 40 mil, passaria a ser obrigatório em janeiro deste ano e o Contran tinha prorrogado o prazo para julho, mas cancelou.



Trav. do Ouvidor, 01 - Centro
Paulo Afonso - BA

Aceitamos cartões de crédito
 
© 2015* All rights reserved - Auto Escola 2001